Alok: A biografia e carreira do DJ mais famoso do Brasil

Posted by gsoutello | julho 30, 2021 | Música
alok

Se você gosta de música eletrônica e é fã do DJ Alok, então chegou no texto certo!

Hoje, vou te mostrar um pouquinho mais sobre a carreira do DJ mais famoso do Brasil e te contar a sua trajetória até chegar ao estrelato!

Confira a seguir a história de Alok, seus altos e baixos e sua relação com causas de filantropia e ações sociais. Boa leitura!

Quem é Alok?

Pode-se dizer que Alok Achkar Peres Petrillo é o DJ mais popular do Brasil atualmente. Mais conhecido pelo seu sucesso mundial de 2016, “Hear me Now”, em 2020, Alok foi eleito o quinto melhor DJ do mundo pela revista DJ Mag.

Quando e como começou a carreira do Alok?

Alok começou a sua carreira na música eletrônica muito cedo, aos 12 anos, junto com o seu irmão gêmeo, Bhaskar Petrillo, no projeto Lógica.

O início precoce no mundo da música se deve muito a influência dos seus pais, que já trabalhavam na indústria da música.

O interesse pela música eletrônica, entretanto, veio por conta dos remixes feitos pelos DJ’s Zumbi e Pedrão, que ensinaram os irmãos a mixar músicas.

Projeto Lógica – Parceria com o irmão

A primeira apresentação de Alok e seu irmão no projeto Lógica foi no Psycholand, um local de shows numa área rural do Distrito Federal, com um público de cerca de 800 pessoas.

Em entrevistas, Alok já contou que, na época, o cachê recebido foi de cerca de R$150,00.

Em 2004, os dois se apresentaram pela primeira vez no Universo Paralelo, um dos maiores festivais de música eletrônica do país.

A partir dos 15 anos, Alok e Bhaskar começaram a produzir suas próprias músicas e aos 17 anos ele visitaram cerca de 19 países com uma turnê.

O projeto Lógica já rendia bons frutos para os irmãos, mas o sucesso dentro da cena eletrônica se consolidou a partir do momento em que conseguiram um contrato com as gravadoras Vagalume Records e Liquid Records.

Com essas gravadoras, os dois gravaram o primeiro álbum autoral, “Level Feature Rights” e mais 4 EP’s.

Início da carreira solo

alok-inicio-da-carreira-solo

Em 2010, Alok deixou de trabalhar com o irmão e começou a sua carreira solo.

Por essa razão, migrou seu estilo musical para o psytrance e para o house music, estilos que, embora não fossem muito populares na época, tinham mais a ver com o seu gosto pessoal e com seus desejos para o futuro.

Seu primeiro projeto solo solo foi um sample da música “Sings”, de Snoop Dogg com participação Charlie Wilson e Justin Timberlake, chamada de “Snoop Sings”.

A canção obteve um enorme sucesso, atingindo mais de 3 milhões de visualizações no YouTube.

Foi nessa época também que começou a brincar de remixar alguns clássicos da música brasileira. O destaque, nesse caso, fica com um remix de “Puro Êxtase” da banda Barão Vermelho.

A ascensão da carreira

O começo da ascensão da carreira veio em 2013, quando o DJ lançou a música “We Are Underground”, um divisor de águas em sua carreira.

O sucesso da canção foi tamanho que Alok começou a ser cada vez mais requisitado por festivais ao redor do mundo.

Em 2014, ele já foi considerado o melhor DJ do Brasil pela maior revista de música eletrônica do Brasil, a revista House Mag.

Em 2015, Alok lançou a sua primeira gravadora, chamada de Up Club Records e acabou criando o seu próprio selo por conta da rejeição de gravadoras estrangeiras, que não lançavam suas músicas por não se adequarem ao “padrão europeu”.

Muitas gravadoras, na época, diziam que se ele mudasse o estilo das músicas elas poderiam ser publicadas, mas Alok não aceitava fazer alterações, pois mudá-las faria com que perdessem sua autenticidade e personalidade.

A explosão da sua carreira, entretanto, veio em 2016, quando, em parceria com o DJ Bruno Martini, Alok fez um remix da música “Hear me Now”, composta por Marcos Zeeba.

Em apenas um mês, a canção alcançou o primeiro lugar das paradas em diversas plataformas de Streaming, incluindo a Deezer, e atingiu a vigésima posição na tabela americana de música eletrônica da Billboard.

A partir desse momento, Alok se tornou um DJ conhecido no mundo todo e ele começou a lançar um hit atrás do outro.

Quais foram os álbuns lançados por Alok?  

alok-principais-albuns

Ao longo de sua carreira solo, além das muitas músicas lançadas através de singles e EP’s, Alok lançou 3 álbuns. Veja mais deles a seguir:

Colcci: Party All the Time

CONTROVERSIA by Alok, vol. 001

CONTROVERSIA by Alok, vol. 002

Os principais destaques na carreira de Alok

Confira a seguir os principais destaques da carreira de Alok:

Eleito o melhor DJ do Brasil – House Mag

Nos anos de 2014 e 2015, Alok foi eleito o melhor DJ do Brasil pela revista House Mag, a maior publicação de música eletrônica do país.

O feito veio no começo da carreira solo, antes mesmo de ele lançar o seu maior single, “Hear me Now”.

Lançamento das próprias gravadoras

Em 2015, Alok lançou a sua primeira gravadora, a Up Club Records, pois queria se lançar na Europa e não era aceito pelos selos locais, que sempre pediam que ele fizesse alterações na música.

Alok se recusava a fazer as alterações requisitadas, pois, por mais que quisesse muito ser lançado no cenário europeu, ele dizia que fazer tais alterações mudaria muito a essência de suas músicas e tiraria toda a sua autenticidade.

Ouvindo hoje as músicas do DJ e comparando-as com o que era lançado na cena européia da época, é possível ver que Alok tinha razão.

Em 2017, Alok abriu a Artist Factory, uma agenciadora de música eletrônica que busca talentos da cena no Brasil e, em 2019, fundou a Controversia Records, uma sub gravadora da Spinnin’.

Free fire

Em 2019, Alok fez uma parceria com a Garena, uma desenvolvedora de jogos responsável pelo Free Fire, um dos games mais populares atualmente no Brasil.

A parceria envolveu o uso de imagem do DJ, sendo que é possível utilizar uma “skin” do DJ dentro do jogo.

A skin do Alok no jogo permite aos jogadores curar os colegas de equipe e dar mais agilidade, custando 599 diamantes, que podem ser comprados por pouco mais de 20 reais.

5º Posição – DJ Mag

alok-quinta-posicao-dj-mag

O maior reconhecimento da carreira do DJ por outros profissionais da área, entretanto, com certeza é o fato de ter sido eleito um dos maiores DJs do mundo pela revista DJ Mag, a maior publicação do gênero no mundo.

Em 2020, ele recebeu a quinta colocação no ranking de maiores DJs do mundo, a posição mais alta já ocupada por um brasileiro.

Trabalho filantrópico

Outro aspecto muito marcante da carreira da Alok é o seu envolvimento com trabalho filantrópico com causas sociais e ambientais.

Aos 24 anos, apesar de estar no auge da sua carreira, recebendo prêmios como o maior DJ do Brasil, Alok também enfrentava uma depressão profunda.

Os questionamentos sobre o que aconteceria depois da morte, em especial, deixavam o DJ atormentado e deprimido.

Em busca de respostas, Alok foi até o continente africano para conhecer o trabalho da Fraternidade sem Fronteiras, uma ONG que combate a fome a vulnerabilidade social nos lugares mais pobres do planeta.

Em entrevista a revista EXAME, Alok conta que a experiência foi transformadora:

“Naquele momento entendi que eu não estava buscando respostas sobre o pós-morte, mas o porquê de estarmos aqui. Entendi que a minha influência me colocava numa posição muito importante, e tudo o que eu fiz de lá para cá foi no sentido de usar isso para mudar a vida das pessoas.”

Depois desse encontro, Alok se tornou um apoiador de projetos de saúde, educação, cultura e infraestrutura na Fraternidade sem Fronteiras, que beneficia mais de 5 mil crianças e adultos no Malawi, Moçambique e Madagascar.

No Brasil, o DJ começou os projetos Natal sem Fome, que doa cestas básicas para famílias carentes, e as Vilas da Esperança, que levam infraestrutura de moradia e saneamento básico para as famílias do sertão baiano.

Com o dinheiro que ganhou com o jogo Free Fire, Alok criou o Instituto Alok, que tem o desafio de coordenar ações de solidariedade e educação, com ações sociais, fortalecimento da cultura indígena, combate ao racismo e outras iniciativas.

Principais parcerias de Alok

Alok é um grande representante da música eletrônica no Brasil, mas suas parcerias de sucesso fazem com que o DJ seja um dos mais conhecidos e ouvidos no mundo. 

Se você não conhece muito desse universo eletrônico, pode até não saber citar de cara os nomes das faixas, mas diversos hits que emplacaram nos últimos anos estão ali, contando com a presença do goiano, sejam de sua autoria ou participação como convidado.

Entre as parcerias de peso, nacionais e internacionais, podemos destacar os trabalhos ao lado de artistas como Matheus e Kauan, Tove Lo, Liu, Bhaskar, Vintage Culture e Bruno Martini.

Bhaskar 

Na família de Alok, o amor pela música está realmente no sangue. Além de ter crescido com a inspiração dos pais, seu irmão gêmeo Bhaskar também resolveu seguir o mesmo destino de comando nas picapes.

DJ Bhaskar, embora tenha escolhido também seguir no ramo da família, foi para uma vertente um pouco diferente de seu irmão gêmeo. Em seu trabalho, Bhaskar busca um estilo mais raíz no cenário eletrônico.

Juntos, os irmãos lançaram um dos maiores hits do verão 2016/2017, “Fuego”, remix da canção Tuyo, de Rodrigo Amarante que, além de estourar na versão de Alok e Bhaskar, foi tema de abertura da série Narcos, da Netflix, protagonizada pelo ator Wagner Moura.

Vintage Culture    

Lukas Ruiz Hespanhol, ou Vintage Culture, é um dos DJs e produtores musicais brasileiros mais famosos do gênero house music. Assim como Alok, Vintage Culture é bastante reconhecido internacionalmente e, claro, que o feat dos dois artistas, para os fãs de música eletrônica, foi um momento muito aguardado.

Esse momento aconteceu, felizmente. Em 2020, Alok e Vintage Culture lançaram a música  Party On My Own com a participação do produtor FAULHABER.

Matheus & Kauan  

A mistura do sertanejo universitário com o eletrônico está presente na parceria de Alok com a dupla Matheus & Kauan, uma das duplas sertanejas mais estouradas do momento no Brasil. Juntos, os artistas produziram as músicas “Villamax (Suave)” e “TU”.

Além dessa parceria, Alok também lançou músicas com outros sertanejos, como a música “Próximo Amor” com Luan Santana. Ouça as faixas agora na Deezer.  

Bruno Martini  

Bruno Martini é um cantor, DJ, compositor e produtor musical brasileiro que também herdou a paixão pela música da família. Filho de Gino Martini, integrante da banda Double You, Bruno desde cedo acompanhava seu pai nos shows e produções.

Entre as diversas parcerias de Alok, essa com certeza foi decisiva para a explosão do sucesso do DJ.

Ao lado de Bruno Martini e Zeeba, Alok lançou nada mais, nada menos, que “Hear Me Now”. 

Tove Lo

Em 2020, Alok lançou a música “Don’t Say Goodbye” em parceria com a cantora e compositora sueca Tove Lo e o turco Ilkay Sencan.

Tove Lo ficou mundialmente conhecida pelo lançamento da música “Habits” em 2013 e posteriormente com o remix “Habits (Stay High)”, que marcou a carreira da artista.

Confira a mistura desse feat:

Alok: TOP 12 principais singles

alok-top-12-singles

Confira a seguir o TOP 12 com os principais singles de Alok:

Favela

Hear me now

Fuego

Ocean

Me & you

The wall

Big Jet Plane

Liberdade

Alive

Don’t Say Goodbye

Party On My Own

Piece Of Your Heart

Assine a Deezer e ouça os seus artistas favoritos com a melhor qualidade de áudio!

Conclusão: Escute Alok na Deezer

Se você quer ouvir mais músicas do Alok e de outros artistas, então não deixe de assinar a Deezer. Aqui, você vai poder escutar a playlist “Tá no Repeat: Alok”, que conta com as faixas que não saem do repeat do DJ!

Não deixe de aproveitar a oportunidade de assinar os meus planos e ouvir os seus artistas favoritos com a melhor qualidade de som disponível no mercado de streaming!

Related Posts

Posted by mdantas | 17 setembro 2021
Além de criar sequências de músicas que só você sabe combinar, as Playlists são uma forma de juntar as favoritas...
Posted by mdantas | 10 setembro 2021
Quanto mais você ouve e favorita músicas e artistas, o Flow te apresenta novidades próximas aos seus sons prediletos Amizade...
musicas-internacionais
Posted by gsoutello | 08 setembro 2021
As músicas internacionais fazem muito sucesso no Brasil desde sempre e essa influência vem se tornando cada vez mais multicultural,...