Beyoncé: conheça a história da grande diva do Pop Mundial

Posted by Deezer | dezembro 15, 2021 | Música
beyonce carreira
beyonce carreira

Não tem como falar sobre música pop e as grandes divas do gênero sem falar de Beyoncé. Desde o seu trabalho ao lado do grupo Destiny ‘s Child, Beyoncé, a nossa Queen B, se destaca como uma das vozes mais talentosas de seu tempo.

De Houston-Texas para o mundo, a artista hoje é um ícone por suas músicas, álbuns, álbuns visuais, videoclipes e apresentações que ficaram para a história, como o Beychella.

Além do talento na música e no cinema, a artista também é muito reconhecida e admirada pelo posicionamento e empoderamento negro e feminista.

Enfim, Beyoncé dispensa apresentações, mas merece ser exaltada, né? Nesse texto, quero te contar mais sobre sua biografia e discografia e indicar as melhores playlists e álbuns para curtir no meu app. Vem comigo!

R$1,80 NOS DOIS PRIMEIROS MESES? É #SÓNADEEZER!

Beyoncé: conheça a história da diva do pop

Beyoncé Giselle Knowles-Carter, ou simplesmente Beyoncé, é uma cantora, compositora, atriz, produtora e empresária que nasceu em 4 de setembro de 1981, em Houston, na capital do estado do Texas, nos Estados Unidos, em uma família de artistas.

Com sete anos, ganhou o seu primeiro show de talentos, interpretando a canção “Imagine”, de John Lennon. Um ano depois, incentivada por sua professora de dança, que notou seu talento, ela começou a dar os seus primeiros passos na música.

Em 1990, ela se matriculou na escola de música Parker Elementary School, onde começou a cantar no coral, onde conheceu LaTavia Luckett e LeToya Roberson, com quem formaria o grupo Destiny ‘s Child, em 1995.

Em 1996, o grupo musical lança a sua primeira música de trabalho “No, No No”, que fez tanto sucesso que chegou à terceira posição na Billboard Hot 100.

A partir daí, o grupo começou a fazer muito sucesso e, nesse meio tempo, Beyoncé conciliava lançamentos com o grupo e em sua carreira solo.

Nesse meio tempo, ela também começou a se aventurar como atriz e fez vários filmes, como Austin Powers em O Homem do Membro de Ouro e A Pantera Cor de Rosa.

Ainda no cinema, Beyoncé também fez outras grandes participações, como no filme musical Dreamgirls, no qual a história é inspirada em Diana Ross e The Supremes.

A artista também representou nas telonas Etta James, no filme Cadillac Records, em 2008, e foi protagonista do filme Obsessed, ao lado do ator Idris Elba.

Seu trabalho com o grupo Destiny ‘s Child passou por várias transformações, mudanças de integrantes e em 2006 o grupo encerrou as suas atividades oficialmente.

Beyoncé, que já estava arrebentando na sua carreira solo, continuou na sua jornada. Em 2003, ela já tinha gravado o hit “Crazy in Love”, que fez em parceria com quem viria a se casar anos depois, Jay-Z.

Daí pra frente, ela conquistou os EUA e o mundo e hoje tem inovado na música ao apostar no afrofuturismo e gerando tendências atrás de tendências. É por essas e outras que amamos a Queen B, não é mesmo?

Discografia de Beyoncé

A discografia de Beyoncé é composta por seis álbuns de estúdio, quatro álbuns ao vivo, três EPs e muitos singles icônicos. Separei abaixo a lista de todos os principais trabalhos da artista em carreira solo e colaboração para você ouvir no repeat no meu app. Vem comigo.

Dangerously in Love (2003)

Dangerously in Love é o álbum de estreia de Beyoncé como artista solo, produzido enquanto a artista estava ainda em um momento de encerramento do grupo Destiny ‘s Child.

E para uma estreia, não poderia ser um sucesso maior. Nesse trabalho, a cantora conseguiu emplacar diversos hits que lançaram sua carreira não só nos EUA, mas internacionalmente, como “Crazy in Love”, “Baby Boy” e “Naughty Girl”.

B’Day (2006)

B’Day é o segundo álbum de estúdio da Queen B. O álbum tem músicas que se inspiram na sonoridade musical predominante da década de 1970 e 1980, ou seja, funk, blues e soul.

O single “Déjà Vu” foi um sucesso logo de cara e “Beautiful Liar” foi feita em parceria com outro ícone da música, a Shakira!

Desse álbum, eu também gosto sempre de destacar as canções “Irreplaceable”, “Ring The Alarm” e “Suga Mama”.

Ouça B’Day, da Beyoncé, no player abaixo:

I Am… Sasha Fierce (2008)

Em 2008, Beyoncé lançou seu terceiro álbum intitulado I Am… Sasha Fierce, formatado como um álbum duplo.

A primeira parte, I Am…, conta com faixas com mais influências do R&B e baladas pop, enquanto o segundo, Sasha Fierce, traz músicas mais inspiradas no eletropop e europop, com batidas mais aceleradas e dançantes.

O nome Sasha Fierce é em referência ao alter ego de Beyoncé no palco.

Nesse álbum, temos grandes hits que marcaram esse consolidação da carreira solo da artista, como “If I Were a Boy”,”Halo”, “Broken-Hearted Girl” e “Smash into You”.

4 (2011)

O álbum intitulado 4 é o quarto álbum de estúdio da carreira da cantora e contém 14 faixas, entre as faixas mais famosas hits como “Love on Top”, “Countdown”, “Run the world (Girls)” e “Best Thing I Never Had”.

Uma curiosidade sobre esse trabalho é que ele representa bem o quanto Beyoncé tem o número 4 como o seu número da sorte.

Esse número, coincidentemente, é bastante presente em sua vida, a começar pela sua data de seu aniversário, 4 de setembro de 1981.

Sua mãe, Tina Lawson, também nasceu em um dia 4, em janeiro de 1954. Seu marido, Jay-Z, também nasceu em um dia 4, mas em dezembro de 1970.

Como superstição e símbolo de sorte, a artista repete esse número em vários momentos. Como símbolo do casamento, no lugar de alianças, Beyoncé e Jay-Z ostentam uma tatuagem com o número romano quatro (IV).

E o dia do casamento, adivinha? Em 4 de abril de 2008.

Deixando as curiosidades da Queen B de lado, vamos curtir o seu quarto álbum? Dê o play!

Beyoncé (2013)

Beyoncé é o quinto álbum de estúdio da artista e, como é característico de Beyoncé, o disco também conta com um trabalho visual que ilustra suas músicas. 

Todas as faixas possuem curta-metragens que mostram um pouco do conceito por trás de cada composição e produção do álbum.

São 14 faixas principais, com grandes hits como “Pretty Hurts”, “Haunted”, “Drunk in Love”, “Partition”, “XO” e faixas bônus com as músicas “Flawless”, “7/11” e “Ring Off”.

Lemonade (2016)

Beyonce I Slay GIF - Find & Share on GIPHY

Lemonade é um dos mais consagrados trabalhos da carreira de Beyoncé. Esse é o sexto álbum de estúdio da artista, lançado como um álbum conceitual juntamente com a produção de um filme de 65 minutos com o mesmo nome, que deixou os fãs simplesmente ainda mais alucinados.

O álbum conta com 12 faixas, sendo um dos maiores destaques a música “Formation“.

Durante a época do lançamento, a música teve uma grande repercussão, especialmente pelo videoclipe repleto de mensagens e posicionamentos por parte da cantora.

Nessa faixa e em outros momentos do álbum visual, Beyoncé trouxe nas letras e imagens referências e mensagens de protestos contra os assassinatos de pessoas afro-americanas cometidos pela polícia nos últimos anos nos EUA.

Musicalmente, Lemonade é um presente ainda maior para os fãs de música boa. Além de beber das influências do pop, a Queen B conseguiu trabalhar um pouco de diversos estilos musicais, trazendo um pouco do reggae, do rock, blues, hip hop, funk, gospel, country, trap e eletrônico para as músicas do álbum.

Como artistas convidados, Beyoncé teve ao seu lado nesse trabalho nomes como The Weeknd, Jack White, Kendrick Lamar e James Blake.

Em resumo, só digo uma coisa: Lemonade é um álbum obrigatório de se ouvir para qualquer fã da diva ou de música. 

Por isso, indico clicar agora para ouvir no player abaixo enquanto seguimos conhecendo ainda mais sobre a discografia da artista:

Everything is Love (2018)

Outro trabalho muito importante da carreira de Beyoncé foi o álbum colaborativo Everything is Love, lançado em parceria com Jay-Z, creditado pelo The Carters, nome do duo formado pelo casal.

O nome The Carters faz referência ao sobrenome de Jay-Z (Shawn Corey Carter), por isso em muitos shows e apresentações a própria Beyoncé faz o uso do Mrs. Carter como nome.

Sobre o álbum, como já feito em outros trabalhos, o casal também fez o lançamento sem aviso prévio, surpreendendo os fãs novamente.

O álbum conta com nove faixas, incluindo o single “Apeshit“, que possui um incrível videoclipe filmado no famoso Museu do Louvre, em Paris.

Confira agora mesmo esse trabalho dos The Carters no meu app:

HOMECOMING: The Live Album (2019)

Depois da histórica apresentação de Beyoncé no festival Coachella em 2018, essa edição do evento ficou conhecida como Beychella, pois a apresentação da artista realmente foi um grande destaque. Ela deu o nome, literalmente.

A cantora havia cancelado sua participação em 2017, mas a espera dos fãs valeu a pena, sendo um dos shows mais inesquecíveis da carreira da diva. 

Além de todo o seu talento e perfeccionismo em entregar uma performance impecável em todos os detalhes, sua apresentação fez história também pelo fato de Beyoncé ser a primeira mulher negra headliner do festival.

Beychella também presenteou os fãs com uma icônica reunião das Destiny ‘s Child, trazendo Kelly Rowland e Michelle Willians ao palco para cantarem juntas alguns dos maiores sucessos do power trio: “Lose My Breath”, “Say My Name” e “Soldier”.

Outras presenças que marcaram o show foram as participações de Solange Knowles, sua irmã, e Jay-Z, que é sempre presença certa em suas performances.

Além de render uma das edições mais históricas do Coachella, a apresentação ficou eternizada no álbum e documentário intitulado Homecoming. Se você é fã da carreira de Beyoncé, esse é um álbum que precisa estar salvo entre os seus favoritos.

Curta no meu app no player abaixo:

The Lion King (2019)

Em 2019, Beyoncé lançou o álbum The Lion King: The Gift, um trabalho feito como trilha sonora para o remake em 3D do filme O Rei Leão que posteriormente foi lançado também como o filme musical Black is King (2020). 

Esse trabalho foi produzido pela própria Beyoncé com o apoio da Parkwood Entertainment e licenciamento exclusivo da Columbia Records e conta com participações de Jay-Z e sua filha Blue Ivy Carter, além de outros artistas como Pharrell Williams, Kendrick Lamar, Tierra Whack e do cantor e ator Childish Gambino (Donald Glover) que, ao lado de Beyoncé, também participou da dublagem dos personagens principais do filme.

Beyoncé deu voz à personagem Nala, enquanto Childish Gambino dublou o protagonista Simba.

Uma curiosidade sobre o filme é que na versão com dublagem brasileira, quem faz a voz de Nala é a cantora Iza, que também é uma grande fã de Beyoncé.

Em diversas entrevistas, Iza já falou sobre como a cantora norte-americana é uma de suas principais referências na música. Muito legal, né?

No álbum o single principal é a faixa “Spirit”, que você confere no player abaixo:

Top músicas Beyoncé

beyonce

Ao longo de sua carreira solo, Queen B emplacou diversos hits que se tornaram obrigatórios em qualquer playlist de divas pop das últimas décadas. 

Para relembrar os primeiros hits que lançaram a carreira de Beyoncé de forma meteórica pelo mundo todo, listei as top 10 músicas mais icônicas de sua carreira. 

  1. Halo; 
  2. Crazy in Love (feat Jay-Z); 
  3. Love on Top; 
  4. Irreplaceable; 
  5. If I Were a Boy; 
  6. Run the World (Girls); 
  7. Single Ladies (Put a Ring on It); 
  8. Formation; 
  9. Drunk in Love (feat Jay-Z); 
  10. Baby Boy (feat. Sean Paul).

No meu app, na sessão TOP Track, você curte todos esses hits de Beyoncé e várias outras músicas da artista.

Confira as melhores playlists com Beyoncé

Okay, okay, ladies, now let’s get in formation! Agora que já te contei um resumão de toda a carreira de Beyoncé, que tal curtir os melhores hits da artista? 

Preparei abaixo uma lista de playlists para curtir no meu app a melhor seleção de músicas com os melhores momentos da carreira da Queen B. 

100% Beyoncé

Dos hits do período de Destiny ‘s Child até as melhores e mais icônicas parcerias de Beyoncé em carreira solo: essa é a playlist 100% Beyoncé, para quem é super fã e deseja revisitar as melhores músicas da carreira da diva.

O melhor de Beyoncé

“Crazy in Love”, “Single Ladies”, “Drunk in Love”; “Diva”, “Halo” e muitas outras faixas que marcaram a carreira de Beyoncé até aqui: tudo isso e mais na playlist  Beyoncé – As Melhores:

Beyoncé the Essentials Playlist

Curta através da playlist Beyoncé – The Essentials as melhores faixas da carreira de Beyoncé, desde seu primeiro álbum de estúdio até o lançamento do seu mais recente trabalho, o álbum BLACK PARADE.

As melhores músicas da Queen B na Deezer

Agora que você já conhece mais sobre a trajetória de Beyoncé até aqui, da infância até o período ao lado das Destiny’s Child e o caminho até o auge de sua carreira solo, se você não era fã agora passa a ser, aposto!

Beyoncé é uma artista multitalentosa e conhecida por surpreender os fãs em todos os seus lançamentos. Então, até a próxima surpresa de um novo álbum, curta todos os trabalhos divulgados no meu app!
SE TE FALTAM PALAVRAS, “DIZ COM DEEZER”

Related Posts

Músicas da Marilia Mendonça
Posted by nptech | 04 julho 2022
De todas as minhas saudades da rainha da sofrência Marília Mendonça, as músicas constantemente lançadas são uma delas. “Toca aquela,...
músicas para chorar
Posted by deezer | 02 julho 2022
Às vezes, só precisamos de uma boa playlist de músicas para chorar e deixar as emoções fluírem, não é? Se...
Posted by deezer | 30 junho 2022
Escolher uma música para mandar pro Crush ao invés de falar é uma tática eficiente. Tem gente que não se...