Cobertura do Segundo Dia do Festival In-Edit Brasil (04/05)

Posted by | maio 5, 2013 | Música

—–De Jards Macalé, passando pelo funk carioca e indo até ao singular som do LCD Soundsystem, o segundo dia do festival In-Edit Brasil trouxe surpresas muito agradáveis para os olhos.

—–No MIS-SP, às 17h30, o diretor Eryk Rocha apresentou Jards, em uma sessão que contou inclusive com a presença do próprio Jards Macalé. O filme registra o processo de gravação do novo disco de Macalé, “Jards”, compondo um retrato intimista do músico durante sua nova empreitada. Destaca-se a habilidade de Rocha em transformar a simples observação em um universo de total fruição sensória. O documentário de Eryk Rocha serve como um estímulo a mais para que se escute o novo trabalho do músico. “Jards” conta com a participação de diversos outros músicos, como Elton Medeiros, Thais Gulin, Luiz Melodia e Frejat. O documentário será exibido novamente terça-feira (07/05) às 19h no Cine Olido.

Captura de Tela 2013-05-05 às 12.28.24

—–Ainda no MIS, às 20h o diretor Emilio Domingos apresentou seu novo documentário, A Batalha do Passinho. A história do Passinho remete há alguns anos e cristalizou-se num vídeo postado na Internet, o “Passinho Foda”. Inspirados pela possibilidade de expressarem-se e dialogarem entre si através da nova dança, jovens de diversas partes da periferia do Rio de Janeiro acabaram por construir um novo movimento. Seguindo a tradicional batida do Funk carioca, os dançarinos reúnem-se e disputam entre si quem é o “Rei do Passinho”. Trata-se de um bom documentário em que nos aproximamos dos jovens retratados individualmente, não só como representantes de determinada conjuntura social. A Batalha do Passinho será exibido terça-feira (07/05) às 17h no Cine Olido.

—–Às 23h, no CINESESC, foi a vez de Shut Up and Play the Hits (Dylan Southern e Will Lovelace), documentário sobre os últimos dias da banda LCD Soundsystem. Além de registrar momentos do último show do grupo, no Madison Square Garden, o filme incorpora o líder, James Murphy, como protagonista. O documentário acompanha Murphy em momentos prosaicos no dia seguinte ao show de despedida do LCD Soundsystem, revelando a inerente melancolia do músico frente ao término da banda. Ainda que o filme aponte a ideia fixa de Murphy em fechar esse capítulo de sua vida, a tristeza do músico transpassa a tela quando o vemos visitar o armário que continha o equipamento da banda, antes que este fosse vendido. Shut Up and Play the Hits é indispensável aos fãs do LCD Soundsystem e será apresentado novamente dia 10/05 (sexta-feira) no Cine Olido.

—–Para o dia de amanhã no In-Edit temos sugestões como Música Serve para Isso: Uma História dos Mulheres Negras (Bel Bechara e Sandro Serpa), lendária banda comandada por André Abujamra e Mauricio Pereira, às 17h30 no MIS-SP; Beware of Mr. Baker (Jay Bulger), sobre Ginger Baker às 19h no CINESESC e Who took the Bomp? Le Tigre on Tour (Kerty Fix), sobre o grupo ‘electroclash’ americano Le Tigre, às 21h no CINESESC. Nos vemos lá!

Texto e cobertura pro Gabriel Tonelo.

Blog Comments

[…] da Matilha Cultural. —–Para além de Turning, fica a dica para assistir os aqui já comentados A Batalha do Passinho (17h) e Jards (19h), com sessão apresentada por Eryk Rocha, no Cine Olido. […]

Add a comment

*Please complete all fields correctly

Related Posts

Sucesso do funk 2022
Posted by nptech | 13 maio 2022
“Desenrola, bate e joga de ladin”. Provavelmente você sabe a coreografia dessa dança, não é mesmo? O funk 2022 está...
marina sena
Posted by deezer | 18 janeiro 2022
Marina Sena é o nome que entrou recentemente para a nova geração da música pop brasileira. A cantora de voz...
TWICE
Posted by deezer | 18 janeiro 2022
Falar em grupo feminino coreano é falar de Twice! As nove integrantes foram unidas pela JYP Entertainment em 2015 e...