Conheça 30 hinos de futebol de times nacionais e internacionais

Posted by Deezer | outubro 6, 2022 | Música
Hinos de futebol

Os hinos de futebol são muito especiais para os amantes desse esporte. É uma canção que representa o time, sua história, seus torcedores e jogadores. 

Eu sei que muitos de vocês que passam pela minha plataforma, vez ou outra, vão dar o play no hino do seu time de coração. “E, Deezer, qual é o hino de futebol mais bonito?”

O do seu time, óbvio, porque ele mexe com você, e um dos propósitos da música é exatamente esse.

Realmente, é difícil segurar a emoção daquela vitória inesperada aos 48 minutos do 2º tempo ou do título improvável que veio após anos. O hino vem como uma explosão!

Mas você sabe quando os hinos foram criados? Quem canta os hinos dos times de futebol? Trouxe aqui 20 hinos de clubes brasileiros e 10 hinos de clubes internacionais para você conhecer.

PRIMEIRO MÊS GRÁTIS? É #SÓNADEEZER!

A história dos hinos de futebol

Para muitos torcedores, os hinos de futebol são uma parte importante da paixão pelo seu time. Eles são cantados nos estádios antes, durante e depois das partidas, nas ruas e até em eventos sociais. 

E essa representação de um clube e de seus torcedores em forma de música remonta a uma longa e histórica tradição, sabia? Veja a seguir!

Quando o primeiro hino foi criado?

Como você já sabe, o futebol nasceu na Inglaterra na década de 1850. Mas não existe uma precisão sobre o primeiro hino criado.

Alguns dizem que a música “On the Ball, City”, entoada pelos torcedores do Norwich City, é o canto de futebol mais antigo do mundo que ainda está em uso hoje. Na prática, seria como um hino.

Ele foi escrito na década de 1890 por Albert T. Smith (supostamente), e ele se tornou diretor do Norwich City em 1905.

Porém, não há tanta informação disponível sobre o primeiro hino, aquela canção escrita especificamente para um clube que é adotada pela torcida como a representação do time.

Todos os clubes de futebol têm um hino?

Hoje em dia, é praticamente impossível imaginar um clube de futebol sem um hino para chamar de seu. 

Afinal, o hino é uma expressão de identidade coletiva, na maioria das vezes usada pelos torcedores para expressar seu orgulho pelo time ou para incentivá-la nos jogos em casa.

Quem canta os hinos dos times de futebol?

Qualquer torcedor pode cantar o hino do seu time de futebol. Mais bonito ainda é ver toda a torcida entoando esse canto no estádio. 

Há, também, momentos em que os jogadores do time têm tanta identificação com o clube que eles se tornam verdadeiros torcedores na hora de cantar.

E, claro, existem inúmeros artistas apaixonados pelos seus times que gravam o hino do clube como forma de manifestar o amor pelo clube.

Vamos conhecer algumas letras de hinos de futebol? Separei os cantos oficiais dos 20 principais times de futebol brasileiro!

Hinos dos 20 principais times de futebol brasileiro

Escolher os 10 melhores hinos de futebol do Brasil é impossível. Por isso, resolvi separar os hinos dos 20 principais times.

São muitas as curiosidades sobre alguns deles. Você sabia, por exemplo, que os hinos não oficiais de Flamengo, Fluminense e Vasco foram compostos pelo famoso compositor brasileiro Lamartine Babo, torcedor do América/RJ?

Confira a seguir os hinos do futebol brasileiro!

1. Hino do América Mineiro

O hino do América Mineiro foi composto por Vicente Motta, torcedor do Atlético/MG, um de seus maiores rivais. 

De acordo com Vânia Mota, filha do compositor, ele foi escrito entre 1969 e 1970 a pedido de um dos diretores do time.

“Enaltecemos assim a nossa equipe o nosso América deca campeão”.

Sim, o América/MG conquistou 10 campeonatos mineiros consecutivos entre 1916 e 1925!

2. Hino do Athletico Paranaense

O hino do Athletico (ou antigo Atlético Paranaense) traz em sua história algo curioso. A letra de Zinder Lins foi musicada por Genésio Ramalho na década de 1930.

Porém, anos depois, quando o então presidente do clube Manoel Aranha a transformaria em hino oficial, descobriram que a canção era um plágio do hino dos Estados Unidos, “God Bless America”.

Com isso, Genésio Ramalho transformou um pouco a letra e propôs uma nova melodia para o hino do Furacão!

“Athletico! Athletico! Conhecemos teu valor!

E a camisa rubro-negra só se veste por amor!”

3. Hino do Atlético Mineiro

Hino de futebol do Atlético Mineiro

“Clube Atlético Mineiro, galo forte e vingador”

Esses são os versos de Vicente Mota (o mesmo do hino do América/MG) para seu clube do coração que traduzem o sentimento do torcedor alvinegro de Minas Gerais.

Versos bonitos, mas não tão curiosos quanto “nós somos campeões do gelo”, certo? Essa história remonta à excursão que o clube fez à Europa em 1950 e jogou debaixo da neve. 

Na época, a imprensa esportiva nacional viu a exclusão como uma conquista histórica para o futebol nacional devido às condições climáticas adversas. 

É uma das letras de hinos de futebol bonitas e simples, sem os versos eruditos de outros hinos.

4. Hino do Bahia

“Ouve esta voz que é seu alento

Bahia, Bahia, Bahia”

“Baêa, Baêa, Baêa”, como o bordão “Bora Baêa minha p%¨&*”.

Em 1946, um grupo de torcedores do Bahia criou uma torcida uniformizada e pensaram: precisamos de um hino! 

Eles procuraram o jornalista e professor Adroaldo Ribeiro Costa, que entregou um hino ao clube e impôs a condição de não revelarem a autoria da música. 

Por anos, ninguém soube quem era o autor deste canto, considerado por muitos um dos 10 melhores hinos de futebol do Brasil!

5. Hino do Botafogo

O hino oficial do Botafogo tem letra de Octacílio Gomes e música de Eduardo Souto. Mas o mais conhecido é o hino popular composto por Lamartine Babo.

“Botafogo, Botafogo, campeão desde 1907”

O verso que abre o hino popular, inclusive, é fruto de um conflito judicial encabeçado por Botafogo e Fluminense. Ambos se identificavam como Campeão Carioca de 1907. Em 1996, a Federação Carioca proclamou ambos os times campeões. 

Antes disso, porém, o primeiro título do Botafogo teria sido o campeonato carioca de 1910. O verso era, então, “Botafogo, Botafogo, campeão desde 1910”.

É óbvio que a torcida botafoguense mudou a letra original para fazer jus à história!

6. Hino do Ceará

Mais um representante do nordeste, o Vozão, apelido do Ceará, também apresenta uma das letras de hinos de futebol simples, que falam diretamente com todos.

“Campeão da popularidade

Tua torcida hoje é toda cidade

É um grande povo a te estimular

É o Vovô Ceará vai ganhar”.

O autor, José Patápio da Costa Jatahy, foi também o primeiro intérprete do hino!

7. Hino do Corinthians

Hino de futebol do Corinthians

“Salve o Corinthians, o campeão dos campeões…”

Assim como no hino do Atlético Mineiro, o hino do Corinthians também traz referência ao “campeão dos campeões”. 

No caso dos paulistas, a alcunha veio após vitória do Corinthians sobre o Vasco por 4 x 2 em 1930. Eram os dois principais campeões do país naquele ano, então o vencedor mereceu a expressão. 

Quem compôs o hino corintiano foi o radialista Lauro d’Ávila com ajuda de Edmundo Russomanno, em 1952. 

8. Hino do Coritiba

De autoria de Cláudio Ribeiro e Homéro Reboli, o hino oficial do Coritiba é fruto de um concurso de 1999 que oficializou a canção que retrata o clube. 

“Coxa, Coxa, é garra, é força, é tradição

Coxa, Coxa, explode coração”

Mas ele não foi o primeiro.

Antes dessa bela melodia cantada pela torcida coxa-branca, o clube teve o primeiro hino em 1928. A autoria era de Bento Mossorunga, autor do hino do estado do Paraná, e Barros Cassal.

Existiu um segundo hino, criado na década de 70, por Sebastião Lima e Vinicius Coelho. E, antes do definitivo, um terceiro hino criado no final da década de 80 chamava “Coritiba Eterno Campeão”, de autoria de Francis Nitgh.

9. Hino do Cruzeiro

Completando a trinca dos três maiores clubes de Minas Gerais, o Cruzeiro ganhou seu primeiro hino em 1921, quando ainda se chamava Palestra Itália.

A parceria do poeta Tolentino Miraglia e do maestro Arrigo Buzzachi trouxeram versos bastante rebuscados: “E deste entusiasmo / Nos nasce a pujança / Na firme esperança / De sempre ganhar”. 

Porém, o hino atual do Cabuloso é de autoria de Jadir Ambrósio. É uma das letras de hinos de futebol bem fácil de cantar, pois é bem pequena: 

“Cruzeiro, Cruzeiro querido

Tão combatido, jamais vencido”

10. Hino do Flamengo

Hino de futebol do Flamengo

“Uma vez Flamengo / Sempre Flamengo”.

Esse é o hino mais popular do Flamengo e que é entoado a plenos pulmões no Maracanã. A composição é dele mesmo, Lamartine Babo.

Porém, outra curiosidade sobre os hinos do rubronegro carioca é que o clube já teve um hino oficial composto por um ex-goleiro, Paulo Magalhães. 

Neste hino de 1945, a equipe é o “campeão de terra e mar”, remetendo à história do clube que foi campeão carioca de futebol em 1914 e campeão carioca de remo em 1916.

11. Hino do Fluminense

O tricolor carioca tem três hinos. Pois é.

O primeiro hino teve letra criada a partir de uma música instrumental estrangeira. O segundo traz versos com forte influência da Primeira Guerra Mundial, que estava acontecendo na época.

Atualmente, o hino oficial do clube é uma marchinha de carnaval escrita em 1949 por Lamartine Babo e musicada pelo maestro Lyrio Pannicalli: Sou tricolor de coração, sou do clube tantas vezes campeão”.

Até Tim Maia já cantou esse hino!

12. Hino do Fortaleza

Qual é o hino de futebol mais bonito? Para a torcida do Tricolor de Aço, é o do Fortaleza Esporte Clube.

Ele foi criado em 1967 por Jackson de Carvalho e, de fato, é um belo hino. Ele foi arranjado pelo maestro Manuel Ferreira e interpretado pelo cantor Manoel Paiva. Porém, já foi regravado inclusive por Fágner. 

“No campo

Provaste mesmo que não tens rival 

Tua turma é valente, é sensacional 

Salve o Tricolor de Aço”

13. Hino do Grêmio

Hino de futebol do Grêmio

“Até a pé nós iremos

Para o que der e vier

Mas o certo e que nós estaremos

Com o Grêmio onde o Grêmio estiver”

O hino do Grêmio começa com um verso intrigante, não? Ir a pé por qual motivo? Por causa de uma greve nos transportes em Porto Alegre em 1953.

Esse fato cotidiano inspirou Lupicínio Rodrigues, um dos mais famosos compositores brasileiros, a começar o hino dessa maneira.

E outra curiosidade é que o Grêmio é um dos únicos clubes que fala sobre um jogador em seu hino: o goleiro Lara, que defendeu o time entre 1920 e 1935.

14. Hino do Internacional

Como celebrar o orgulho de torcer pelo Internacional? Por clichê, imaginaríamos que um torcedor talentoso faria o hino para um clube.

O Internacional de Porto Alegre prova que não. Nelson Silva saiu do Rio de Janeiro em direção à Porto Alegre com sua banda La Media Noche para fazer um show. 

Ele gostou muito da cidade, ficou em Porto Alegre e ganhou o concurso do hino do clube na década de 1960; O hino se chama “Celeiro de Ases”.

“Colorado de ases celeiro

Teus astros cintilam num céu sempre azul

Vibra o Brasil inteiro

Com o clube do povo do Rio Grande do Sul”

15. Hino do Palmeiras

“Quando surge o alviverde imponente” 

Esses são os versos conhecidos ao redor do Brasil como o hino do Palmeiras. Eles foram criados em 1949 por Antônio Sergi, diretor musical da Rádio Cruzeiro do Sul e maestro da Orquestra Colúmbia. 

Ele assinou a letra com seu pseudônimo Gennaro Rodrigues. O cantor deste hino era um corintiano. Exatamente. São as peças que a vida nos prega. O cantor Alberto Marino era parente de Sergi, e por isso gravou a canção. 

Mas existiu outro hino antes, em 1918, quando o clube ainda se chamava Palestra Itália. Quem cantou foi a portuguesa Elvira Martins, mas não há registro de melodia.

16. Hino do Santos

Carlos Henrique Roma criou o primeiro hino do Santos em 1912, e os versos de “Sou alvinegro da Vila Belmiro” duraram até 1955. 

Neste ano, Mangeri Neto e Mangeri Sobrinho criaram uma música para festejar o título paulista de 1955 chamada “Leão do Mar”.

Porém, a música de Carlos foi homologada em 1966 como o hino oficial do clube:

“Sou alvinegro da Vila Belmiro

O Santos vive no meu coração

É o motivo de todo o meu riso

De minhas lágrimas e emoção”

17. Hino do São Paulo

A história do hino do São Paulo é curiosa. 

Porphyrio da Paz, tenente do Exército e dirigente do clube, investia muito dinheiro no time, e se atolou em dívidas. Ele foi despejado de casa por causa disso. 

Ele ficou desolado, mas era tão apaixonado que, ao invés de desistir, começou a cantarolar “Salve o Tricolor paulista”. E pronto, compôs o hino do clube em 1936.

“Salve o tricolor paulista

Amado clube brasileiro

Tu és forte, tu és grande

Dentre os grandes és o primeiro”

18. Hino do Sport

Hino de futebol do Sport

Fugindo da tradição das marchinhas que dão ritmo a muitos hinos do futebol no Brasil, o hino do Sport retrata o gênero musical de seu estado (Pernambuco). 

O hino oficial é um frevo composto pelo pernambucano Eunitônio Pereira

“São campeões e emoções

Tecendo a glória

Do bravo leão da ilha”

19. Hino do Vasco da Gama

O hino oficial do Vasco da Gama só é passível de compreensão com um dicionário ao lado. A composição do poeta Joaquim Barros Ferreira da Silva usa palavras que eu nem nunca vi, como “Clangoroso”. 

Felizmente, Lamartine Babo veio para facilitar o canto dos vascaínos e manifestar sua paixão de forma simples:

“Tua imensa torcida é bem feliz

Norte-Sul, Norte-Sul deste país

Tua estrela, na terra a brilhar

Ilumina o mar”

Bem melhor, né?

20. Hino do Vitória

E para fechar nossos hinos do futebol brasileiro, vamos falar do curioso Vitória, maior rival do Bahia.

Vitória é um dos primeiros clubes brasileiros. O Club de Cricket Victória foi fundado em 1899, mas somente em 1902 o futebol foi adotado como modalidade. Neste ano, mudaram o nome para Sport Club Victória.

Em 1º de agosto de 1985, o clube lançou o seu novo hino oficial, de Walter Queiroz Júnior, na campanha “Este hino vai levantar o Estádio”. A ideia era arrecadar recursos para a conclusão do Barradão.

“Eu sou Leão da Barra, tradição

Eu sou vermelho e preto

Eu sou paixão”

E aí? Na sua opinião, qual é o hino de futebol mais bonito? Consegue escolher os 10 melhores hinos do futebol brasileiro? Eu gostei de todos! 

E ainda deixei de fora clubes muito tradicionais, como Goiás, América/RJ, Remo e Portuguesa. Mas você pode conferir os hinos no álbum Hinos dos Clubes da Banda Talmo!

Vamos conhecer os hinos de clubes internacionais?

Conheça 10 hinos do futebol internacional

O mundo é grande demais, não acham? Se eu fosse falar sobre hinos de clubes internacionais de todos os continentes, não teria espaço suficiente.

Temos hermanos de tradição, como Boca Juniors e River Plate, da Argentina, ou o Nacional do Uruguai. 

Por isso, resolvi trazer os clubes internacionais mais populares no Brasil – e são todos europeus.

1. Hino da Juventus

O atual hino da Juventus foi composto em 2007 por Paolo Belli. É o quinto hino da história do gigante do futebol italiano, mas parece que vem desde a criação do clube em 1897. 

“Juve, história de um grande amor

Branco que abraça o negro

Torcida que se alça inteira

Juve pra sempre será”

2. Hino do Barcelona

Hino de futebol do Barcelona

O “Canto del Barça” é o hino oficial do FC Barcelona e foi escrita em 1974 para celebrar o 75° aniversário do clube. Com letra de Jaume Picas e Josep Maria Espinas, a música foi composta por Manuel Valls.

O interessante é que ele é escrito em catalão, e não em espanhol.

“Azul e grená soprando ao vento

Um grito valente 

Temos um nome que todo mundo conhece:

Barça, Barça, Baaarça!”

3. Hino do Bayern de Munique

O “Stern des Südens” ou Estrela do Sul é o nome do hino oficial do Bayern de Munique. Ele foi escrito pelo compositor alemão Willy Astor.

“FC Bayern, Estrela do Sul, você nunca morrerá

Porque nós estamos juntos em bons e maus momentos!

FC Bayern, campeão alemão, sim ele é o meu clube

Sim, assim foi, é, e será sempre!”

4. Hino do Chelsea

Hino de futebol do Chelsea

A música que a torcida do Chelsea canta a plenos pulmões antes dos jogos é “Blue is the colour”, criada em 1972 por Daniel Boone e Rod McQuee.

O hino foi projetado para a final da Copa da Liga Inglesa contra o Stoke City. O Chelsea perdeu por 2 a 1. Mais uma peça que a vida pregou.

“Azul é a cor, futebol é o jogo

Estamos todos juntos, e nosso objetivo é vencer

Então torça por nós, faça Sol ou faça chuva

Pois Chelsea, Chelsea é o nosso nome”

5. Hino do Liverpool

“You’ll Never Walk Alone” é considerada a música do Liverpool e, sem dúvidas, é um dos hinos de clubes internacionais mais emocionantes.

A música, que estreou no musical Carrossel na Broadway em 1945, é uma composição de Rodgers (música) e Hammerstein (letra).

Em 1963, o lendário produtor musical George Martin, dos Beatles, sugeriu a regravação da música que veio a se tornar o hino dos Reds.

“Ande,

caminhe com esperança em seu coração

E você nunca vai andar sozinho

Você nunca vai andar sozinho”

6. Hino do Manchester City

A música oficial dos torcedores do Manchester City é uma versão de “Blue Moon”, criada em 1934 por Richard Rodgers e Lorenz Hart. 

“Lua azul

Agora não estou mais sozinho.

Sem um sonho em meu coração

Sem um amor meu”.

Esse hino extraoficial é entoado sempre nos jogos no Etihad Stadium e já inspirou inclusive camisa de jogo.

7. Hino do Manchester United

O hino do Manchester United é uma letra inspirada em uma canção milenar da Igreja Católica. No Brasil, seria “Glória, Glória, Aleluia”.

O curioso é que o hino do rival Tottenham Hotspur leva a mesma melodia. 

“Glory! Glory! Man United!

Glory! Glory! Man United!

Glory! Glory! Man United!

As the reds go marching on, on, on!”

8. Hino do Milan

“Milan Milan só com você

Milan Milan sempre para você”

Esses são os versos traduzidos do atual hino do Milan, mas não foi sempre assim. O primeiro do clube se chamava “Forza Milan”, de 1951, e foi escrito por Galimberti e Paolucci. E vieram outros, inclusive num ritmo de balada romântica!

O atual, “Milan, Milan”, foi obra de Tony Renis e Massimo Guantini.

9. Hino do PSG

“Allez, PSG!” é o nome do hino oficial do campeão francês Paris Saint Germain.

“Três letras permaneceram gravadas: O PSG

Vamos Paris Saint-Germain!

Jogue Paris-Saint-Germain!

Cante Paris Saint-Germain!

Vamos Parisienses!”

10. Hino do Real Madrid

Hino de futebol do Real Madrid

O hino clássico do Real Madrid é intitulado ¡Hala Madrid! e foi criado em 1952. 

Em 2002, por ocasião do centenário da fundação do clube, veio uma nova versão, cujo compositor foi José María Cano. Ela foi cantada pelo tenor espanhol Plácido Domingo 

Quando o clube ganhou sua 10ª Liga dos Campeões, mais um hino foi criado pelo jornalista Manuel Jabois e produzidas pelo compositor marroquino-sueco Nadir Khayat, do Red One. É esta a versão mais cantada pelos torcedores!

“Já corre a flecha

Já ataca o meu Madrid

Sou luta, sou beleza

O grito que aprendi

Madrid, Madrid, Madrid

Hala Madrid!”

Conclusão

Os hinos de futebol no Brasil são verdadeiras obras de arte feitas para expressar diretamente o amor pelo clube.

Já na Europa, vemos muitas canções adotadas pelos torcedores como se fossem hinos. 

Seja como for, o importante é soltar a voz e empurrar o time para a vitória!

E aí? Curtiu os hinos de clubes internacionais? Consegue escolher qual é o hino de futebol mais bonito?

PRIMEIRO MÊS GRÁTIS? É #SÓNADEEZER!

Related Posts

Posted by deezer | 29 novembro 2022
Muitos de nós gostamos de apreciar uma boa música, mas há muito mais neste universo do que se encontra no...
Posted by deezer | 28 novembro 2022
Antes de mais nada, saiba que neste texto eu tomei a licença poética de chamar o Livro dos Recordes de...
Posted by deezer | 25 novembro 2022
Que tal relembrar clássicos e curtir os melhores musicais de todos os tempos? Nos palcos do teatro ou nas telinhas...