Juliette: tudo sobre o fenômeno que conquistou o Brasil

Posted by gsoutello | outubro 26, 2021 | Música
ep-juliette

A Juliette é um verdadeiro fenômeno no país. Após sua participação na 21ª edição do reality show BBB, a maquiadora, advogada, influenciadora e cantora (tá, querida?) ganhou o coração de milhões de brasileiros.

E depois de vencer o programa e levar o grande prêmio, Juliette topou um novo desafio tão grande quanto participar da casa mais vigiada do país: lançar sua carreira musical.

A cantora estreou com o pé direito e já cantou ao lado de grandes nomes da MPB e o seu EP já está disponível no meu app, para ouvir no repeat.

Se você deseja conhecer mais da carreira e da história de vida de Juliette Freire, A Bonita, vem comigo que vou te contar tudo sobre a rainha dos cactos. 🌵🌵 🌵🌵

R$1,80 NOS DOIS PRIMEIROS MESES? É #SÓNADEEZER!

Juliette: conheça a história de vida

Juliette Freire Feitosa, a Juliette, nasceu no dia 3 de dezembro de 1989 em Campina Grande, no estado da Paraíba, filha da cabeleireira Fátima Freire e do mecânico Lourival Feitosa.

Sagitariana, no auge de seus 31 anos, a artista coleciona profissões. Além de sua formação em Direito, Juliette já trabalhou como maquiadora e hoje também atua como influenciadora digital, apresentadora e cantora.

Foi na edição do Big Brother Brasil 2021 que ela ganhou o público brasileiro e hoje vou te contar um pouquinho mais de como ela chegou até aqui, se tornando a participante do reality com mais seguidores no Instagram da história do programa e um fenômeno na música.

Infância

A infância de Juliette foi em uma família de origem humilde. Desde cedo, a cantora ajudava sua mãe, dona Fátima,  no salão de beleza, enquanto o pai Lourival Feitosa trabalhava como mecânico.

Do lado paterno, Juliette tem quatro irmãos homens mais velhos: Lourival Júnior, 43 anos, Otto, de 42, José Valdelino, de 35, e Washington Feitoza, de 38, que foi o único entre os irmãos que não seguiu a profissão do pai. Hoje ele trabalha como cabeleireiro em um conceituado salão no Rio de Janeiro.

Juliette se tornou a mais nova da família após um episódio muito triste em sua vida. Sua irmã caçula, Julienne, aos 17 anos, faleceu vítima de um acidente vascular cerebral.

No documentário “Você Nunca Esteve Sozinha – o Doc de Juliette”, produzido após sua saída do BBB 21, Juliette conta bastante emocionado sobre o quanto foi um momento muito difícil para ela e toda sua família a perda da irmã.

Entre a adolescência e fase adulta, Juliette começou a ter seu primeiro contato com a música.

Durante esse período, frequentava cultos de uma igreja evangélica e tinha bastante interesse em cantar. Ali, ela foi aos poucos soltando sua voz, mas na gravação de músicas do gênero gospel.

Mas por falta de dinheiro para investir na carreira no momento, ela desistiu e, depois de um tempo, retornou ao catolicismo como sua religião.

Onde Juliette fez faculdade e trabalho como maquiadora

Juliette antes de entrar no curso de Direito na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), se matriculou no curso de Letras. 

A paraibana era apaixonada por literatura, mas dividia também uma grande vontade de fazer o curso de Direito para se tornar, no futuro, uma delegada.

Por isso, deixou o curso de Letras para prestar vestibular para Direito. Na época, ela chegou a tentar também o vestibular para medicina. Mas mesmo com a aprovação, ela decidiu seguir o seu sonho de ser advogada, finalizando a graduação em 2017.

No entanto, mesmo seguindo a carreira de advocacia, o amor pela literatura também esteve presente. 

Em seu trabalho de conclusão de curso, Juliette abordou a relação do direito e literatura na obra Medida por Medida, do autor de William Shakespeare. Quem lembra da Juliette contando isso para o Fiuk? 😂

Durante a faculdade, ela fez estágio na Defensoria Pública da União e no Tribunal de Contas do Estado.

Na época, ela começou a morar sozinha e para complementar a renda dos estágios, que era pouco para manter as contas em dia, Juliette começou a trabalhar como maquiadora.

Após terminar a faculdade, Juliette ainda continuou por vários anos trabalhando como maquiadora, se tornando sócia de um estúdio de maquiagem em João Pessoa.

Mas assim que a pandemia de COVID-19 foi decretada, o estúdio teve de fechar as portas e, sem ter como seguir na área, Juliette começou a se dedicar aos concursos públicos, ainda pensando no sonho de ser delegada.

BBB 

A inscrição para o BBB 21 não foi a primeira tentativa de Juliette para entrar para o reality show. 

A cantora já havia feito sua inscrição para outras edições e seus amigos já brincavam com ela sobre isso, chamando ela de ex-BBB, antes mesmo de ela entrar na casa.

Mas em 2021 tudo mudou. A paraibana foi selecionada como uma das participantes do elenco dos Pipocas e desde a primeira semana foi protagonista no programa.

Entre diversos altos e baixos dentro do reality, Juliette conseguiu mostrar sua personalidade, carisma e empatia para o público. Com seu jeito extrovertido no programa, foi conquistando a audiência e números impressionantes de seguidores nas redes sociais.

Só se falava em Juliette o tempo todo. E assim surgiu um dos fã-clubes mais fortes de todas as edições: os Cactos 🌵,  carinhosamente chamados assim em homenagem ao emoji usado no perfil oficial de Juliette.

Do seu jeitinho, Juliette foi chegando cada vez mais longe e conquistou o prêmio final, se tornando a 21ª vencedora do reality no Brasil. E para quem estava acompanhando de fora, sua vitória não foi nenhuma surpresa, né?

Fama : trabalho como apresentadora e primeiros passos na música

No momento em que o prêmio do BBB foi anunciado, Juliette já conseguiu ter uma pequena prévia da dimensão do seu sucesso. Ali, a cantora já tinha impressionantes 24 milhões de seguidores no Instagram.

Atualmente, ela conta com uma legião de fãs de 32,6 milhões de fãs na rede que acompanham seu dia a dia na música, na apresentação de programas, em lives com outros artistas, além da parceria com grandes marcas nacionais e internacionais. Ela faz a publi dela!!

Entre os milhões de seguidores que reúne em suas redes sociais, Juliette também conta com o follow de diversos artistas da música e de outras artes.

Para se ter uma noção, Juliette já gravou uma edição especial do programa TVZ com artistas de todos os gêneros, como com o seu colega de BBB Rodolffo, da dupla Israel e Rodolffo, Pabllo Vittar, Liniker, Simone e Simaria, Pedro Sampaio, Ferrugem, Pocah, Dilsinho, Anavitória, Zé Vaqueiro, Xand Avião, Matheus e Kauan e tantos outros.

Em lives, já cantou com artistas consagrados da MPB, como Elba Ramalho e Gilberto Gil

Outra parceria de Juliette em live foi com o fenômeno do piseiro, João Gomes.

Juliette e a música: como tudo começou?

Ainda confinada no BBB 21, Juliette já colecionava várias propostas de parcerias musicais. Isso porque, dentro do programa, Juliette sempre cantava músicas que gostava e assim o público, e artistas da cena, descobriram esse talento da participante.

O EP lançado recentemente, por exemplo, contou com a ilustre produção de Anitta. O talento e experiência da nossa Girl from Rio com certeza foi fundamental para que a carreira de Juliette fosse lançada em tão pouco tempo após sua saída do reality.

Anitta contou em entrevista que gravou as músicas do EP de Juliette enquanto ela ainda estava participando do reality, sem ainda ter certeza se seria isso que a paraibana gostaria de seguir quando saísse.

Então, de certa forma, foi uma grande aposta que, no fim das contas, deu mais que certo.

Quando Juliette deixou a casa como vencedora, foi um verdadeiro choque todo o sucesso e seu alcance.

Por isso, diferente da proposta da Anitta e de todas as pessoas que estavam trabalhando nos bastidores do EP, de que o trabalho musical de Juliette fosse lançado assim que ela saísse da casa, não ocorreu.

Então, por ser muito perfeccionista e ter o desejo de estudar mais e trabalhar mais no EP, Juliette decidiu adiar o lançamento das músicas.

E esse pedido fez muito sentido, pois Juliette conseguiu dar seu toque todo especial nas composições e arranjos. O resultado foi um grande sucesso já na sua estreia.

Um fato interessante sobre o EP Juliette é que Anitta também gravou todas as músicas na sua voz, mas ela diz que essas versões não serão lançadas nunca.

Bom, mas a gente ainda pode torcer pelo feat das duas, né?

Antes do lançamento do EP, Juliette também estreou em alguns palcos com parcerias ilustres, com diversos cantores como Wesley Safadão, Sandy, Elba Ramalho e Alceu Valença e grandes nomes.

Antes de te mostrar faixa a faixa do EP da Juliette, que tal relembrar algumas das músicas que mostrou a voz de Juliette para o Brasil, enquanto ela cantava em sua participação no programa, e que são inspirações para artista:

Deus me proteja – Chico César 

Dona Cila – Maria Gadú 

Sozinho – Caetano Veloso 

Me usa – Banda Magníficos 

Bixinho – Duda Beat 

Triste, louca ou má – Francisco el Hombre 

EP Juliette: confira as mais ouvidas

musicas-da-juliette

Meu povo, o EP tá pronto! Em setembro deste ano, foi lançado o EP de estreia da cantora, intitulado “Juliette”. 

São 6 faixas que trazem bastante da cultura nordestina que a artista sempre fez muita questão de enaltecer em sua trajetória, e essa homenagem está presente tanto nas letras como na melodia com a introdução de instrumentos como a zabumba, sanfona e triângulo. Ouça faixa a faixa no meu app!

Diferença Mara

Uma das faixas mais curtidas pelo público é o single “Diferença Mara”, que também estreou com o videoclipe. Na letra, temos referências a forte ligação com a religião que Juliette possui, além de um enredo que trata de um romance de duas pessoas que se amam por suas diferenças.

Bença

Em “Bença”, a cultura nordestina também está muito presente na letra. A canção foi composta por conterrâneos de Juliette, que trazem versos como “Rapadura é doce, mai né mole não” e referências as famosas festas com fogueira de São João, patrimônios culturais da Paraíba.

Doce

Na faixa “Doce”, Juliette canta um forró pé de serra com uma pegada mais pop, mostrando também sua versatilidade como artista.

Sei Lá

Na faixa “Sei Lá”, a paraibana traz uma música mais romântica e intimista, para dançar coladinho. Vem ouvir comigo:

Benzin

A música “Benzin” também tem uma proposta bem parecida com “Sei Lá”, sendo um forrozinho gostoso com uma letra bem intimista, romântica e regionalista. 

Vixe Que Gostoso

A faixa que encerra o EP é a canção “Vixe que gostoso” é uma das músicas mais agitadas e quentes do EP, para dançar um xote mais acelerado. Confira a letra no meu app!

Confira as melhores playlists com Juliette

Para não parar de ouvir e conhecer o universo de Juliette, que tal dar play nas playlists com as músicas preferidas da cantora? Pop, MPB e muito forró te esperam nas dicas abaixo. 

As preferidas de Juliette | TVZ

Forró das Antigas com Juliette

Divas Brasil

Ouça Juliette na Deezer! 

O EP Juliette é a sequência perfeita para ouvir um forrozinho gostoso, seja para dançar coladinho, um xote ou para relaxar no dia a dia. Afinal, a voz de Juliette é potente, mas também é calmaria.

E aí, gostou de saber mais da história da rainha dos cactos? Pois eu adorei contar mais sobre a Juliette aqui.

Agora, para ouvir sempre que quiser, basta acessar meu app e dar play! 🌵

SE TE FALTAM PALAVRAS, “DIZ COM DEEZER”

Related Posts

trilha sonora de filmes
Posted by deezer | 26 novembro 2021
A trilha sonora de filmes é uma parte essencial de qualquer longa, porque a música ajuda a trazer ainda mais...
mc hariel
Posted by deezer | 24 novembro 2021
O MC Hariel realmente é uma “haridade” no mundo da música. Com apenas 23 anos, o cantor já é um...
fernandinho
Posted by deezer | 23 novembro 2021
O Fernandinho com certeza é um dos nomes mais importantes da música cristã contemporânea e as suas músicas têm tocado...