Rock in Rio: a história do festival, curiosidades e grandes shows

Posted by Deezer | dezembro 15, 2021 | Música
rock in rio
rock in rio

Desde que o Rock In Rio começou, em 1985, já houve 20 edições, onde mais de 2.300 artistas foram escalados e se apresentaram.

No total, mais de 10 milhões de pessoas já fizeram parte das plateias no Rock in Rio, totalizando 119 dias de pura música desde 1985.

Por isso, hoje eu resolvi trazer a história desse evento musical que tomou conta do Brasil desde a sua primeira edição e que abriu portas para colocar o Brasil no mapa de turnês das estrelas da música internacional. Boa leitura!

R$1,80 NOS DOIS PRIMEIROS MESES? É #SÓNADEEZER!

Rock in Rio: o maior festival de música

O Rock in Rio é um festival de música que foi idealizado pelo empresário brasileiro Roberto Medina pela primeira vez no ano de 1985.

Desde a sua criação, o Rock in Rio é reconhecido mundialmente como o maior festival de música do planeta terra.

A sua primeira edição foi organizada no Rio de Janeiro, de onde vem o nome, mas, com os anos, o Rock in Rio virou um evento de repercussão mundial e, em 2004, teve sua primeira edição fora do Brasil, em Lisboa, capital de Portugal.

Ao longo de sua história de mais de 30 anos, o Rock in Rio teve 20 edições, sendo 8 no Brasil, 8 em Portugal, 3 na Espanha e uma nos Estados Unidos.

Em 2008, foi a primeira vez que foi realizado em dois países diferentes. Ocorreu ao mesmo tempo em Lisboa, em Portugal, e em Madrid, na Espanha.

A última edição do festival aconteceu em 2019, dentro do Parque Olímpico do Rio de Janeiro e, não sei você, mas eu já estou super ansiosa pelo próximo!

Curiosidades sobre o Rock in Rio

Agora que você já conhece um pouco mais sobre a história do Rock in Rio, que tal dar uma olhadinha em algumas curiosidades sobre esse mega evento? Vem comigo!

1. Ney Matogrosso foi o primeiro artista a se apresentar no Rock in Rio

O primeiro músico a fazer uma apresentação nos palcos do Rock in Rio foi ninguém mais, ninguém menos do que o fabuloso Ney Matogrosso! 

No dia 11 de janeiro de 1985, Ney subiu aos palcos e, em frente a uma plateia com mais de 140 mil pessoas, começou seu show cantando “Desperta, América do Sul”.

Até então, esse era o recorde de público em espetáculos no Brasil e demorou um bom tempo até que ele fosse superado.

2. Contrato para não comer morcegos

Quem é fã do Ozzy Osbourne, ex-vocalista do Black Sabbath, sabe que ele tem uma história bem controversa com morcegos, não é mesmo?

Em 20 de janeiro de 1982, durante um show em Des Moines, Iowa, Estados Unidos, ele protagonizou uma das cenas mais bizarras da história do rock.

Um fã atirou no palco um morcego vivo. Ozzy, achando se tratar de um morcego de plástico, abocanhou o bicho, tentando impressionar a plateia.

Quando percebeu que se tratava do animal de verdade, o show teve de ser interrompido para que Ozzy fosse levado ao hospital para tomar a vacina anti-rábica como forma de prevenção.

Alguns anos depois, quando foi o primeiro artista a confirmar presença no Rock in Rio, ele havia acabado de passar por uma clínica de reabilitação.

Ozzy teve de assinar um contrato que o proibia de devorar morcegos no palco. O show aconteceu no dia 16 de janeiro de 1985, com ele como estrela do festival e nenhum morcego foi ferido ou sequer chegou ao palco durante o festival. (ufa!)

3. O primeiro Rock in Rio foi do tamanho de 5 Woodstocks

O primeiro Rock in Rio teve um público equivalente a 5 festivais de Woodstock. Foram 1,3 milhões de pessoas, distribuídas em 10 dias de shows.

Cada uma delas custou 8,5 dólares à organização do evento. Os ingressos foram vendidos a 20 mil cruzeiros (o equivalente a 30 dólares) e o valor de lucro chegou a 250% para os organizadores do evento.

4. A palavra “metaleiro” foi inventada na primeira edição do Rock in Rio

Sim! A palavra “metaleiro”, usada hoje em dia para descrever os fãs do metal, foi inventada durante a primeira edição do Rock in Rio.

A Rede Globo, que fazia a cobertura exclusiva do festival, inventou o termo para se referir aos fãs do heavy metal, que lotavam o local do evento.

Em um primeiro momento, alguns roqueiros não encaram bem o apelido e o acharam um pouquinho pejorativo.

Contudo, o nome pegou e hoje os próprios fãs do estilo se denominam metaleiros.

5. O Rock in Rio estreou diversos artistas internacionais no Brasil

O Rock in Rio é um evento responsável por promover a estreia de vários artistas internacionais nos palcos brasileiros.

Só para dar um exemplo da importância desse evento, na primeira edição, o Rock in Rio trouxe pela primeira vez ao Brasil artistas como Scorpions, Iron Maiden, Ozzy Osbourne, Yes, Rod Stewart e Whitesnake!

Grandes shows do Rock in Rio: saiba quem marcou a história do festival

Agora confira alguns dos shows mais icônicos e importantes da história do Rock in Rio:

Queen (1985)

rock in rio queen

Com certeza o show que mais marcou a história do Rock in Rio foi o show do Queen na primeira edição do festival em 1985.

A primeira apresentação do Queen de Freddie Mercury e Brian May foi simplesmente fantástica e teve um grande impacto na vida pessoal de Mercury, como foi mostrado na cinebiografia “Bohemian Rhapsody”, de 2018.

Em especial a canção “Love of My Life”, que foi cantada por todo o público, deixou até o próprio cantor surpreso, pois pessoas de um outro país que não falava inglês sabiam a música de cor e salteado e o acompanharam ao vivo. Quem estava lá disse que foi realmente de arrepiar!

Inclusive, é preciso dizer aqui que a primeira edição do Rock in Rio só aconteceu de fato porque a banda Queen aceitou vir se apresentar no festival, fazendo com que outras bandas também aceitassem o convite para se apresentar na cidade maravilhosa.

Jaymes Taylor (1985)

Outro show da primeira edição do Rock in Rio que também entrou para a história da música foi a de James Taylor, que foi uma das mais memoráveis da sua carreira, apesar da resistência do público com o estilo musical country-rock do cantor.

Ao fim da apresentação, Taylor saiu ovacionado, sendo reconhecido pelos brasileiros e brasileiras presentes na plateia.

Além disso, Taylor curtiu tanto e foi tão grato ao seu show do Rock in Rio que até escreveu uma música, “Only a Dream in Rio”, como homenagem ao festival e a cidade.

AC/DC (1985)

Ainda em 1985, um dos shows mais lembrados daquele festival com certeza foi o da banda australiana AC/DC.

Antes de confirmar presença no festival, a banda exigiu que um sino de meia tonelada, que era usado na época pelo vocalista Brian Johnson para música “Hells Bells”, viesse para o show.

A organização do evento mandou trazer o sino de navio, porém, na hora de montar, o palco não aguentou o peso e tiveram de improvisar com um sino de gesso.

Guns N’ Roses (1991)

Em 1991, o Guns N’ Roses já era uma das maiores bandas de rock do mundo. Essa edição do Rock in Rio foi a primeira apresentação da banda no Brasil, onde eles trouxeram um show incrível.

A apresentação foi marcada pela estreia do tecladista Dizzy Reed e do batesrista matt Sorum. Além disso, a banda apresentou músicas inéditas, como “Civil War” e “You Could Be Mine”, faixas que foram posteriormente lançadas nos álbuns Use Your Illusion I e Use Your Illusion II.

Red Hot Chilli Peppers (2001)

rock in rio red hot chilli peppers

Depois de passar por uma fase conturbada, a banda californiana Red Hot Chili Peppers veio se apresentar no Rock in Rio de 2001.

Nessa apresentação, eles tentaram e conseguiram conquistar o público e reerguer a banda com a volta do guitarrista John Frusciante.

A banda embalou o público com as canções do álbum Californication, de 1999, e, em 2011, dez anos depois, a banda retornou ao festival e esbanjou simpatia tocando muitos sucessos e encerrando a noite com o clássico “Give it Away”.

Carlinhos Brown (2001)

Apesar de ser uma apresentação que ficou marcada “pelo mal”, não tem como não lembrar da histórica performance de Carlinhos Brown em 2001, no Rock in Rio.

Na ocasião, a plateia aproveitou a apresentação da canção “Água Mineral” para jogar garrafas no palco.

Entretanto, Carlinhos não se abalou em nenhum momento e, aos gritos de “Nada me atinge!”,  mostrou a sua força e continuou cantando e tocando a música brasileira, mesmo em meio a vaias e garrafadas vindas da plateia.

20 anos depois, em uma entrevista concedida à Folha de São Paulo, o músico confessou ver naquele episódio “um dos primeiros cancelamentos”.

“Precisamos de tempo para observar o que são as coisas. E o cancelamento talvez seja a síntese [daquele episódio]. E dentro do cancelamento tem tudo. Tem racismo, preconceito contra o gênero, contra a música”, disse Brown à Folha.

“Eu era um artista muito mais frágil naquele momento, com expectativas gigantes jogadas naquele momento, eu já estava com música estourada —já tinha criado, com meus amigos, o axé music. Mas eu era frágil com inocências antropofagistas. Me vestia como índio, eu não queria me vestir como o cara do rock’n’roll.”

R.E.M. (2001)

Outra apresentação marcante do Rock in Rio de 2001 foi a do R.E.M., que encerrou a noite de uma maneira espetacular.

O show foi tão incrível que o público foi a loucura ao som de clássicos como “Losing My Religion”, “The One I Love”, “Everybody Hurts”, e “It’s The End Of The World As We Know It”.

Além disso, o vocalista Michael Stipe exalou simpatia e encantou o público brasileiro falando português, agradecendo a recepção do público e tomando caipirinha no palco. Coisas que só acontecem no Rock in Rio, não é mesmo?

Beyoncé (2013)

 rock in rio beyonce

Apesar de ter muitos artistas do rock desde o seu início, o Rock in Rio sempre foi um festival que abrigou artistas de todos os gêneros, principalmente do pop.

Em 2013, foi a vez da diva Beyoncé tomar todos os holofotes para si. Ela foi muito elogiada pelo show que fez no festival, que abriu com “Run The World”.

Entretanto, o destaque vai mesmo para o final da apresentação, quando a Queen Bee fez uma homenagem de leve ao funk com o hit “Lek Lek”.

Pink (2019)

A estreia da cantora Pink no Brasil, no Rock in Rio de 2019, também deu o que falar, surpreendendo todo mundo que estava na plateia.

Além dos vários recursos visuais, o show contou com acrobacias vocais e físicas: ela se pendurou em fios e basicamente saiu “voando” pelo festival.

A apresentação também foi marcada por um pedido de casamento de um fã para o seu namorado, que foi feito com a bênção da cantora.

Anitta (2019)

A estreia da Anitta no Rock in Rio também foi histórica, pois foi a primeira vez em que o funk subiu aos palcos do maior festival de música do mundo.

O funk tocou com força do início até o fim da apresentação, onde a artista, cantou, dançou e rebolou, fazendo o que faz de melhor e levando o gênero musical cada vez mais longe.

Playlist Hits do Rock In Rio

A playlist Hits do Rock in Rio foi feita pelo Eduardo, que é editor na minha plataforma e também é responsável pela curadoria de outras playlists que fazem bastante sucesso por aqui, como A Coisa Tá Preta, Amor de Baile, Aqui é Rock, Café & Rock, Brisa Trap e muitas outras.

Na Hits do Rock In Rio, o Eduardo fez uma curadoria mais do que especial para trazer os principais artistas que tocaram no festival e suas músicas.

Só para te dar uma ideia do que você vai encontrar na playlist, veja algumas das faixas que fazem parte da sua composição:

  • November Rain – Guns N’ Roses
  • I Want To Break Free – Queen
  • Scar Tissue – Red Hot Chili Peppers
  • Breakout – Foo Fighters
  • Every Breath You Take – The Police
  • Paradise – Coldplay
  • Tempos Modernos – Lulu Santos
  • À Sua Maneira – Capital Inicial
  • Owner of a Lonely Heart – Yes
  • Black Magic Woman / Gypsy Queen – Santana
  • Open Your Eyes – Snow Patrol
  • Esse Tal de Roque Enrow – Rita Lee
  • Highway to Hell – AC/DC
  • You Give Love a Bad Name – Bon Jovi

Essas são só algumas das faixas presentes na playlist Hits do Rock in Rio. Para escutar mais, dê o play no player abaixo:

Ouça os maiores clássicos do Rock in Rio na Deezer

O melhor lugar para ouvir as suas músicas favoritas do Rock in Rio com certeza é na minha plataforma, pois, como você viu, eu conto com uma curadoria especializada no assunto para montar playlists que vão te fazer lembrar dos melhores momentos dos festivais.

Por isso, confira os planos disponíveis, veja aquele que mais se encaixa com o seu perfil, e ouça as suas músicas favoritas sem anúncios! Valeu pela leitura, pessoal!

SE TE FALTAM PALAVRAS, “DIZ COM DEEZER”

Related Posts

Posted by nptech | 30 junho 2022
Escolher uma música para mandar pro Crush ao invés de falar é uma tática eficiente. Tem gente que não se...
Harry Styles
Posted by nptech | 28 junho 2022
Harry Styles é um astro do pop internacional que ganhou o coração de milhões de fãs no mundo todo ao...
Posted by nptech | 26 junho 2022
Quais músicas do Tik Tok você mais gosta? É um funk? Eu já sabia! É um piseiro? Eu também sabia!...