Sertanejo universitário: o ritmo que conquistou o Brasil

Posted by Deezer | outubro 18, 2022 | Música
Tudo sobre o sertanejo universitário

Eu aposto que as músicas de sertanejo universitário mais tocadas estão em uma de suas playlists do meu aplicativo!

O gênero que conquistou o Brasil no início dos anos 2000 é o mais consumido atualmente. Se naquela época falávamos de João Bosco & Vinícius, César Menotti & Fabiano, e Victor & Léo, hoje temos a mulherada do feminejo e a galera do funknejo também.

Fato é que são muitas duplas, cantores e cantoras fazendo sertanejo universitário em 2022. Mas você sabe as origens do gênero e sua diferença para o sertanejo raiz?

Vem comigo que vou dar um panorama geral para você sobre o ritmo que conquistou o Brasil!

PRIMEIRO MÊS GRÁTIS? É #SÓNADEEZER!

A origem do sertanejo universitário

O sertanejo universitário é uma variação do sertanejo tradicional que surgiu na década de 1990 com a popularização da internet e a ida dos jovens do interior para as universidades.

O gênero originário do Mato Grosso do Sul, com reflexo no estado de Goiás. 

Seus primeiros expoentes foram a dupla João Bosco & Vinicius. Em 1994, eles começaram a tocar em bares para universitários de Campo Grande, capital do estado. 

Em outras palavras, o estilo vem de jovens sertanejos que saem em direção à cidade, ingressam na universidade e incorporam sua cultura interiorana na música. 

As violas e violões se associam a guitarra, bateria, baixo, metais e percussão. Essa mistura foi se disseminando nos campus e repúblicas estudantis e trouxe a nova roupagem das raízes sertanejas. 

Com o ambiente de festas próprias da universidade, o estilo incorporou outros elementos do arrocha, funk carioca e pop, além de trazer batidas dançantes, letras e músicas simples e refrões de fácil memorização.

Receita de sucesso, né? 

Qual é a diferença entre sertanejo e sertanejo universitário?

Qual é a diferença entre sertanejo e sertanejo universitário?

Sertanejo e sertanejo universitário são dois estilos de música brasileira, sendo o segundo derivado do primeiro. 

O sertanejo é um estilo mais antigo, originário do interior do Brasil. Dentre seus instrumentos preferidos, estão o violão, o acordeom e a viola. 

Suas letras geralmente trazem temas que retratam a relação do homem com o campo e o sertão, além das diferentes abordagens sobre o amor. 

Já o sertanejo universitário é um estilo mais recente, que se originou nas universidades brasileiras na década de 1990. 

Além dos instrumentos elétricos, o gênero incorpora mais elementos do pop, do funk e de outros ritmos. O foco das letras também é diferente e informal. Festas, balada, bebedeira, decepção amorosa e amor estão na boca das duplas de sertanejo universitário.

Quem fez o sertanejo universitário estourar nas paradas musicais?

As duplas João Bosco & Vinícius e César Menotti & Fabiano foram as principais responsáveis por estourar e consolidar o gênero musical

A dupla de origem pantaneira levou o sertanejo raiz para o ambiente universitário de Campo Grande (MS), enquanto a dupla de irmãos ganhou projeção nos bares de Belo Horizonte (MG) frequentados por universitários. 

Em 2005, eram as duas principais duplas de sertanejo universitário que ganharam projeção nacional e venderam centenas de milhares de discos.

Qual é a temática mais comum no sertanejo universitário?

As letras abordadas pelos cantores do gênero trazem situações corriqueiras da vida dos jovens universitários.

Ou seja, há bastante música sobre amor e traição, bebedeiras e balada, e, claro, sofrência e ostentação

Recentemente, com o maior protagonismo feminino no estilo, passamos a ter também as músicas que reforçam a força da mulher e combatem o estereótipo de “troféu” que aparecia em muitas canções do gênero de alguns anos atrás.

As novas versões do sertanejo universitário

As músicas de sertanejo universitário mais tocadas não trazem apenas esses elementos que acabei de apontar. 

Já reparou que, em algumas delas, aparece o teclado típico do piseiro ou a batida do funk? Haja paredão para as novas versões do sertanejo!

A reunião de MCs com acordeom fez surgir o funknejo. De um lado, a contemplação da vida do campo e o romantismo. Do outro, o papo reto das comunidades e o batidão. Juntos, o foco é a ostentação e a balada.

Os gêneros que pareciam inconciliáveis se uniram na mesma época em que as duplas de sertanejo universitário ganhavam espaço. A música “Eu quero tchu, eu quero tcha”, de João Lucas & Marcelo, é um retrato disso.

O piseiro veio da pisadinha, que por sua vez deriva da junção dessa vertente do forró com influências do funk e do brega funk. Mas, atualmente, ele vem se unindo com o sertanejo de forma impressionante!

Zé Felipe, com “Toma Toma Vapo Vapo”, e Mari Fernandez, com “Não, não vou” são a prova dessa união!

Vamos ver agora os artistas que fazem esse estilo ser tão popular no Brasil?

Quem fez do sertanejo universitário um sucesso

Lá no início, “quando tudo era mato”, João Bosco & Vinícius deram o pontapé para criar e popularizar esse estilo musical.

E hoje? Eles ainda estão na ativa, então vamos começar falando deles!

1. João Bosco & Vinícius

A dupla que deu o pontapé no sertanejo em ambiente universitário lançou o primeiro álbum em 2003 (“Acústico no Bar”) não parou mais.

Um trabalho de destaque veio em 2009, com o CD “Curtição”, que trouxe os sucessos “Sufoco”, “Curtição”, “Chora, Me Liga” e “Coração Só Vê Você”. Por este álbum, João Bosco & Vinícius foram indicados ao Grammy Latino, inclusive!

Outros sucessos da dupla são: 

  • Chuva;
  • 2 anos;
  • Deixaria Tudo;
  • Tema Diferente;
  • Sem Esse Coração.

2. Jorge & Mateus

“Pelo amor de Deus, Jorge & Mateus”. Quando Jorge conheceu Mateus em um churrasco, nós não sabíamos que estava nascendo ali uma das duplas de sertanejo universitário de maior sucesso no Brasil.

As músicas de Jorge & Matheus são conhecidas ao redor do mundo. Já teve música em novela, gravação de álbum em um dos templos da música na Inglaterra e indicação ao Grammy Latino de 2015.

São 13 álbuns e diversos sucessos, como:

  • Troca;
  • Calma;
  • Cheirosa;
  • Paradigmas;
  • Propaganda;
  • Duas Metades;
  • Lance Individual;
  • Amo Noite e Dia;
  • O Que é Que Tem;
  • Pra Sempre Com Você.

3. Gusttavo Lima

O mineiro Gusttavo Lima, também conhecido como Embaixador, começou a carreira aos 7 anos de idade, mas começou a ganhar projeção em 2009, quando tinha 20 anos de idade. 

A canção “Rosas, Versos e Vinhos” foi lançada em um álbum daquele ano e fez enorme sucesso, mas veio acompanhada de outras 23 faixas que vão do gospel ao universitário.

Nos anos seguintes, com o estilo musical ainda mais forte, o Embaixador emplacou uma série de sucessos e parcerias.

Listei algumas das músicas mais famosas de Gusttavo Lima abaixo:

  • Balada;
  • Fui Fiel;
  • 10 Anos;
  • Bloqueado;
  • Ficha Limpa;
  • Diz Pra Mim;
  • Nota de Repúdio;
  • Aí Cê Me Quebra;
  • Fala Mal de Mim;
  • Que Pena Que Acabou;
  • Termina Comigo Antes;
  • Do Outro Lado da Moeda;
  • Não Pega Ninguém Ainda.

4. Luan Santana

Luan Santana e o sertanejo universitário

Luan Santana, natural de Campo Grande (MS), é uma das superestrelas do sertanejo universitário.

Ele, que vem da própria origem pantaneira do gênero musical, subiu ao palco pela primeira vez em 2007 e, desde então, lançou inúmeros álbuns e DVDs de enorme projeção. Não à toa, o “Gurizinho” é um dos representantes mais conhecidos do gênero.

Seus sucessos sempre figuram entre os sertanejos mais tocados. Conheça algumas:

  • Morena;
  • Meteoro;
  • Te Esperando;
  • Chuva de Arroz;
  • Água com Açúcar.

5. Marília Mendonça

Saudade tem nome e se chama Marília Mendonça.

A Rainha da Sofrência deixou um enorme legado para o estilo. Quando se pensa nas músicas de sertanejo universitário mais tocadas nos charts, ela sempre está presente até hoje.

A goiana, precursora do feminejo, começou sua carreira compondo para inúmeras duplas do estilo, como Henrique & Juliano e Jorge & Mateus.

Mas seu talento era grande demais para ficar escondido só nas composições. Não demorou muito para sua voz poderosa acertar o coração dos brasileiros (inclusive o meu). O ano era 2014, e dali em diante é história!

Quer ouvir alguns dos maiores sucessos de Marilia Mendonça? Olha essa lista com músicas que trazem a voz da Rainha:

  • Graveto;
  • Presepada;
  • Bebi, Liguei;
  • Te Amo Demais;
  • Não Sei o Que Lá;
  • Todo Mundo Menos Você;
  • Esqueça-Me Se For Capaz;
  • Amava Nada (com Lucas Lucco);
  • Mal-feito (com Hugo & Guilherme);
  • Vai Lá Em Casa Hoje (com George Henrique & Rodrigo).

6. Maiara & Maraísa

Falamos de Marília e de suas músicas mais famosas. Percebeu que algumas ali são do projeto “As Patroas 35%”? 

Maiara & Maraisa são uma das duplas de sertanejo universitário que vieram no movimento do feminejo e se consolidaram em 2015.

Músicas como “Medo bobo”, “Coração Infectado”, “Você Faz Falta Aqui”, “Sorte Que Cê Beija Bem”, “Bengala e Crochê”, “A Culpa é Dele” e “Não Abro Mão” se tornaram grandes sucessos da dupla.

Mas vale mencionar também “Traí Sim”, “Aí Eu Bebo”, “Cobaia” e “Libera Ela”, essa última uma parceria com o cantor Dilsinho!

7. Simone & Simaria

Simone e Simaria

Bora com mais um dupla do feminejo? Simone & Simaria, as irmãs baianas, finalizaram sua parceria em 2022, mas contribuíram demais para o gênero musical.

No início da carreira, elas integraram a banda do cantor Frank Aguiar como backing vocal. Mas após 2012 começaram o trabalho de dupla e conseguiram alcançar o topo das paradas nacionais. 

Dentre seus maiores sucessos, estão “Quando o Mel é Bom”, “126 Cabides”, “Meu Violão e o Nosso Cachorro” e “Loka”, em parceria com Anitta. Elas já foram inclusive juradas do “The Voice Kids”, da Rede Globo,

8. Henrique & Juliano

A dupla de irmãos que veio de Tocantins é mais uma representante do sertanejo mais popular atualmente.

Henrique & Juliano sempre tiveram influência da música sertaneja tradicional, e o sucesso da dupla começou a ganhar corpo em 2013. Dali pra frente, vieram muitos lançamentos que projetaram os irmãos ao estrelato. 

Confira os maiores sucessos de Henrique & Juliano:

  • Acordo;
  • Arranhão;
  • Seu Perfil;
  • Eu Me Traí;
  • Erro Planejado;
  • A Maior Saudade;
  • Evento Cancelado;
  • Chá de Casa Nova;
  • Universo Conspirou;
  • Terminei Mal Terminado.

9. Marcos & Belutti

Marcos & Belutti se conheceram em 2005 por meio de um produtor musical. Ambos já estavam na música há algum tempo, e em 2007 decidiram compor juntos e formar a dupla, já apadrinhada por Bruno (Bruno & Marrone) e Edson (Edson & Hudson).

Com a gravação do primeiro DVD em 2008 e o respectivo CD em 2009, as músicas “Perdoa Amor”, “Você Não Me Faz Bem” e “Tudo no Olhar” alcançaram os primeiros lugares nas paradas.

Com o segundo álbum de 2010, emplacaram “Será Que Vai Rolar” e “Sem me Controlar”. Sempre rodeado de parceiros já famosos, a dupla teve inclusive indicação ao Grammy Latino em 2012.

No álbum de 2014, produzido por Fernando Zor, da dupla Fernando & Sorocaba, apareceu o maior sucesso da dupla até o momento. “Domingo de Manhã”. 

Depois dela, eles se consolidaram como uma das duplas de sertanejo universitário mais famosas e continuam na ativa. O último lançamento de Marcos & Belutti é bem recente, inclusive: “Em Qualquer Lugar” foi lançado em 2022.

Sertanejo universitário é na Deezer: principais playlists

Bom, agora você já deve imaginar o que bomba de sertanejo universitário em 2022, né? Cada lançamento desses artistas tem enorme potencial de atingir o topo das paradas. Afinal, estamos falando do gênero musical mais popular do Brasil.

No entanto, se você quer que eu faça o trabalho de garimpar boas músicas para você, não tem problema.

Na playlist “Vem pro Sertanejo”, a Polly preparou os maiores hits do sertanejo, com destaque para o universitário!

Outra boa opção de playlist é “Pisadinha & Paredão” para escutar as diferentes versões que incluem o gênero. Polly separou o que tem de melhor no piseiro e no paredão pra você curtir.

Por fim, em “Radar Sertanejo”, você confere tudo que há de novo neste universo!

Conclusão

O sertanejo universitário é o gênero mais escutado no Brasil. Sua combinação entre elementos das raízes do campo e o ambiente da universidade foi explosiva e ganhou os quatro cantos do país.

Com isso, inúmeras duplas e artistas apareceram desde João Bosco & Vinícius, os precursores do estilo.

Vale a pena ficar ligado, pois a qualquer momento pode surgir uma novidade. Aliás, é um gênero musical que recebe grande investimento.

Está sem saber por onde acompanhar os novos artistas? Aproveite:

PRIMEIRO MÊS GRÁTIS? É #SÓNADEEZER!

Related Posts

Posted by deezer | 29 novembro 2022
Muitos de nós gostamos de apreciar uma boa música, mas há muito mais neste universo do que se encontra no...
Posted by deezer | 28 novembro 2022
Antes de mais nada, saiba que neste texto eu tomei a licença poética de chamar o Livro dos Recordes de...
Posted by deezer | 25 novembro 2022
Que tal relembrar clássicos e curtir os melhores musicais de todos os tempos? Nos palcos do teatro ou nas telinhas...