Geração Isolamento: amor e solidão em tempos de quarentena

Posted by polyana | May 21, 2020 | BR, Deezer

Ansiedade e otimismo lideram sentimento no Brasil; Pessoas estão ouvindo mais músicas e descobrindo podcasts

Toda história tem dois lados e durante a quarentena não é diferente. A luta entre a ansiedade e o otimismo, o amor e a solidão, estão mais fortes do que nunca – foi o que revelou a nova pesquisa realizada pela Deezer com mais de 11 mil pessoas ao redor do mundo.

Realizada a fim de investigar como está o clima das pessoas durante esse momento nunca vivenciado antes pelas gerações de hoje, a pesquisa descobriu que no Brasil a ansiedade tem sobressaído: 41% dos entrevistados estão vendo esse sentimento predominar, porém, o segundo mais forte, é o otimismo, com um índice de 18%. 

Independente de qual seja o sentimento predominante, há um consenso: as pessoas usam música para lidar com o confinamento. Mais da metade dos brasileiros entrevistados (51%) estão ouvindo mais músicas do que antes do isolamento. Quatro a cada cinco entrevistados justificam que é para melhorar o humor, e mais de um terço (34%) ouvem as canções justamente para não se sentirem sozinhos e enfrentarem melhor a solidão.

O estudo também revelou que há espaço para o amor, com 43% dos brasileiros consultados usando conteúdo de áudio para criar um clima romântico durante o confinamento. E os homens lideram os índices de romantismo: 49% deles consomem conteúdo romântico, em comparação a 38% das mulheres. 

A explicação para esse comportamento vem da ciência. A Dra. Sarita Robinson, professora da Escola de Psicologia da Universidade de Lancashire Central (Reino Unido), afirma que “o aumento da música romântica durante o confinamento pode ser causado por aumentos nos níveis de ocitocina das pessoas. Durante os períodos de estresse, é mais provável que seja produzido o hormônio do amor (ocitocina), e isso, por sua vez, leva a mais comportamentos relacionados ao afeto”.

Além das músicas, podcasts também têm sido grandes aliados durante o isolamento, que se tornou um período de muitas descobertas. 43% dos brasileiros ouviram podcast pela primeira vez durante a quarentena, e no mundo houve um aumento de 145% de conexões diárias em podcasts de relacionamento.

Clima global

Ao analisar globalmente, são os mais jovens que sofrem mais com o isolamento. Quase um quinto da geração Z (19%) e 17% da geração Y sofreu uma queda significativa no humor desde as duas primeiras semanas de bloqueio, em comparação a apenas 7% das pessoas com mais de 55 anos.

A depressão não está ligada apenas à idade, a renda também faz diferença. Considerando os entrevistados dos oito países participantes da pesquisa, aqueles com renda alta têm quase duas vezes mais chances de consumir conteúdo de áudio para combater a solidão do que aqueles que ganham menos (41% com renda baixa versus 79% com renda alta).

A maneira como lidamos com a solidão também varia de acordo com onde moramos. As pessoas nos EUA têm cerca de três vezes mais chances de usar podcasts para combater a solidão (15%), em comparação com a França (5%) e o Reino Unido (7%). 

Alexander Holland, diretor de conteúdo da Deezer, acrescentou: “Ninguém está imune à depressão e à solidão. A boa notícia é que o áudio pode fornecer algum alívio quando mais precisamos. É por isso que selecionamos playlists e canais dedicados para nossos usuários. Afinal, estamos nisso juntos”.

Portanto, esteja você investindo no romance ou lutando contra a solidão durante essa quarentena, o canal “Vida em Casa” da Deezer tem músicas, podcasts, audiobooks e estações de rádio para você se divertir.

*A pesquisa foi realizada em abril de 2020, com 11.000 pessoas no Brasil, França, Alemanha, Egito, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, EUA e Reino Unido.

Related Posts

Posted by polyana | 25 November 2022
Chegou a hora de descobrir qual artista conquistou o coração dos ouvintes no Brasil – e no mundo – na...
Posted by mberrebi | 24 November 2022
Quels artistes, albums et titres ont conquis le cœur des utilisateurs Deezer, quelles chansons ont été les plus identifiées ou...
Posted by kklusendeezer-com | 24 November 2022
Es ist an der Zeit herauszufinden, welche Künstler*innen, Alben und Songs die Herzen der Hörer*innen auf der ganzen Welt und...
X

Subscribe

To be notified once a post/information is published, fill in your email and select the areas your interested in.


Subscribe
By clicking the subscribe button, you agree that Deezer can store and use your email address to send automatic news alerts. You always have the option to unsubscribe, after which your email address will be automatically deleted from our database.

Your email is already subscribed to alerts.
Do you wish to :

Update your subscription Unsubscribe

You've been successfully subscribed

Your subscribtion has been successfully updated

You successfully unsubscribed from our new alerts

Fill in your email please.
This email is not valid.
Please, select the languages you wish to follow.